Pharma Air Liquide

Tecnologias e conhecimentos ao serviço de uma solução de inertização segura, otimizada e personalizável

  • Segurança relativamente ao risco de explosão

    O azoto quebra o "triângulo do fogo". Ao armazenar produtos inflamáveis, o risco de explosão existe assim que os três elementos se juntam: combustível, oxidante (oxigénio no ar) e uma fonte de ignição. Ao agir sobre o teor de oxigénio no ar, reduz-se a sua concentração e evitam-se todos os riscos de explosão.
  • Qualidade garantida

    O azoto protege os produtos. Puro, limpo, perfeitamente seco e inerte, o azoto protege um produto armazenado e reduz qualquer deterioração. Na ausência de oxigénio e humidade no ambiente circundante, o produto não é oxidado ou alterado de forma química; os pós não se aglomeram e os materiais não ficam corroídos
  • Inertização otimizada

    Os equipamentos de regulação e controlo contínuo da atmosfera desenvolvidos pela Air Liquide asseguram uma proteção automática e permanente dos produtos. Mantêm e controlam com precisão uma ligeira sobrepressão de azoto, bem como o teor de oxigénio na atmosfera da instalação. Conseguem gerir a injeção de azoto mesmo em caso de forte variação de fluxo.

A solução de inertização Air Liquide para produtos sensíveis ao oxigénio e à humidade no ar

A inertização é a substituição de uma atmosfera explosiva ou quimicamente reactiva, como o ar ambiente, por um gás inerte ou uma mistura de gases neutros para garantir a manutenção da segurança ou da qualidade. Para garantir o sucesso da sua inertização, a Air Liquide acompanha-o desde a definição da solução até ao seu comissionamento seguro.

 

Gases e equipamentos de qualidade Air Liquide

O papel dos gases de inertização

A proteção com gás neutro consiste em substituir um determinado volume de ar ou outro gás por um gás neutro. A proteção com um gás neutro é efectuada por razões de segurança ou qualidade.

A inertização reduz a concentração de oxigénio que poderia causar um incêndio e evita a oxidação do produto armazenado em tanques, tanques, garrafas ou recipientes.
A inertização com azoto (N2) é geralmente a melhor escolha entre os gases neutros.

Os gases de inertização são utilizados em todas as fases de produção de produtos sensíveis ao oxigénio (alimentos, químicos, ingredientes cosméticos, medicamentos, etc.) desde o armazenamento das matérias-primas até à embalagem do produto final.
A Air Liquide, empresa especializada em gases industriais, oferece experiência nas técnicas de purga e injeção para uma aplicação otimizada dos gases neutros e inertes.

Inertização com azoto e gás inerte

Fornecimento de gases industriais, de qualidade alimentar ou farmacêutica

A Air Liquide propõe todas as qualidades e purezas de gases (azoto N2, árgon Ar, dióxido de carbono CO2) para satisfazer os requisitos regulamentares e normas dos diferentes setores farmacêuticos:

  • Gases inertes de qualidade industrial
  • Gama de gases farmacêuticos PHARGALIS, com certificação ExciPact, compatível com todos os tipos de instalações farmacêuticas ou de produção biofarmacêutica.
  • Gama de gases alimentares ALIGAL, com certificação ISO 22000, compatível com instalações alimentares. 

Estes gases neutros estão disponíveis em fase líquida em reservatórios criogénicos fixos ou móveis ou em fase gasosa em garrafas de gás pressurizadas.

Pharma Air Liquide

Fornecimento de sistemas de inertização de reservatórios 

A Air Liquide realiza sistemas fiáveis e fáceis de utilizar para manter uma inertização eficaz:

  • Compostos por uma caixa de comando, um sensor de pressão, uma linha de injeção de gás no reservatório e uma válvula de ventilação no reservatório
  • Integrando as duas fases de purga e injeção.

Implementação simples e personalizável

Os sistemas de inertização podem ser adaptados a todos os tipos de tanques ou reservatórios, e as soluções utilizadas satisfazem os requisitos técnicos dos recintos a proteger.

expert Air Liquide

Prestação de serviços

Os engenheiros da Air Liquide estudam consigo qualquer projeto de inertização com azoto para atmosferas reativas de tanques, reactores, secadores spin-dryers...:

  • inertização de qualidade com gases de proteção para produtos sensíveis ao oxigénio ou
  • humidade ou inertização de segurança com um gás de proteção para instalações que apresentem riscos de incêndio e explosão.

Os nossos serviços incluem:

  • Conhecimento da sua linha de processo produtivo desde o armazenamento das matérias-primas até à embalagem final após as operações intermédias (reação químicaou criotrituração, esferonização, encapsulamento, passagem em liofilizador, engarrafamento, embalagem blister...). 
  • Estudo completo baseado nas suas especificações e definição de requisitos de gás inerte adaptados às suas instalações, em termos de tipo de inertização.
  • Supervisão do dimensionamento, instalação e colocação em serviço do equipamento em conformidade com os regulamentos locais
  • Assistência na análise de risco relacionada com a utilização de gases inertes, prevenção da anóxia, manutenção e controlo do sistema de inertização, implementação de medidas de segurança, etc.

Tem alguma pergunta sobre inertização? Por favor preencha o nosso formulário de contacto

Os nossos especialistas responder-lhe-ão em menos de 24 horas
Data and privacy

Técnicas de purga e conservação da inertização (blanketing)

Os sistemas de inertização são implementados num espírito de preservação ambiental e segurança industrial.

Etapa 1: Purga da instalação

Objetivo: Eliminar a mistura gasosa inicial

Existem 4 métodos principais de purga diferentes para injetar as quantidades de azoto necessárias para reduzir a concentração de oxigénio residual a um nível suficiente para tornar a atmosfera inerte

  • Efeito de pistão

O gás de purga empurra o gás a ser purgado, limitando a mistura.

  • Diluição (ou injeção)

O gás de purga é injetado continuamente e mistura-se quase instantânea e completamente com o gás a ser purgado

  • Compressão/expansão ou Compressão/expansão sob vácuo

São efetuadas diluições por compressões sucessivas do gás contido no reservatório com o gás de purga    

Etapa 2: Conservação da inertização

Objetivo: Garantir uma qualidade constante da atmosfera inerte

  • Sobrepressão constante

A injeção de azoto é regulada de acordo com um ponto de regulação da pressão.
Objetivo: Manter uma ligeira sobrepressão, em milibares, na instalação para compensar eventuais fugas no recinto e evitar qualquer entrada de ar parasita.

  • Análise da atmosfera inertizada

A injeção de azoto é regulada de acordo com a análise do teor de O2 na atmosfera inertizada.

    Inertização na indústria farmacêutica
    As matérias-primas, intermediários, ingredientes activos e excipientes podem ser sensíveis ao oxigénio e à humidade no ar atmosférico. Por conseguinte, têm frequentemente de ser protegidos com um gás inerte para evitar reacções indesejadas e para manter a sua eficácia e preservar a sua qualidade.
    Os processos de inertização, varrimento e purga com nitrogénio ajudam a mitigar o risco de inflamabilidade e explosão durante o armazenamento de solventes inflamáveis, moagem de pó e transferência pneumática.

    PHARGALIS™, a nossa gama de gases de qualidade farmacêutica
    A gama premium de gases de qualidade farmacêutica PHARGALIS™ traz valor aos fabricantes farmacêuticos que estão sujeitos a BPF de medicamentos e que utilizam gás em contacto com o seu produto.
    As nossas soluções de inertização são acompanhadas por apoio de engenharia e proporcionam um consumo otimizado de azoto e uma monitorização fiável, minimizando a degradação do produto e os riscos de segurança, reduzindo simultaneamente os custos de operação.
    A nossa oferta permite-lhe :

    • Reduzir os custos dos controlos regulamentares no recebimento de gases das matérias-primas,
    • Reduzir o risco de incumprimento das normas de qualidade relacionadas com o gás,
    • Para ter um melhor controlo do abastecimento de gás.

    Descubra a nossa gama PHARGALIS™ e PHARGALIS™ nitrogénio de qualidade farmacêutica 1.Inertização na indústria química
    O azoto é utilizado para reduzir as interações entre produtos químicos e gases atmosféricos, tais como oxigénio e vapor de água, durante as operações de cobertura, secagem, purga e mistura. O azoto também pode ser utilizado para pressurizar condutas para transporte de produtos.

    Inertização na indústria alimentar e de bebidas
    As aplicações de purga, inertização, gaseificação são utilizadas para minimizar o contacto com o ar para remover o oxigénio indesejado do produto.
    Resulta em

    • prolongamento do prazo de validade
    • e preservação de qualidades importantes tais como sabor, cor ou textura.

    Inertização na indústria dos transportes
    A utilização de nitrogénio na linha de produção permite a redução de defeitos e a melhoria da produção, evita a polimerização e a oxidação.

    A inertização dos moldes durante a moldagem por injeção evita o efeito diesel.
    A inertização dos silos de armazenamento é importante para manter a qualidade das matérias primas e evitar o risco de explosão.